Air Europa prevê para duplicar o número de voos para o Brasil

air-europa-brasil

Air Europa "deverá duplicar" entre 2019 e 2020 o número de voos de Europa com destino para Brasil que na atualidade é de 18 por semana, informara o Ministério de Turismo brasileiro no âmbito da visita para a Espanha de Marcelo Álvaro Antônio, titular da carteira.   

Marcelo Álvaro Antônio, ministro de Turismo de Brasil, "convenceu os executivos do Grupo Globalia de aumentar os investimentos no seu país durante uma reunião que aconteceu esta semana em Madrid". É assim se afirma em uma declaração oficial do Ministério que destaca a atividade do funcionário no capital espanhol.   

Mais tarde é salientado que Antônio apresentou uma "porta-fólio de oportunidades" nos setores de hotelaria, aviação civil e entretenimento nisso que suposto sua primeira agenda internacional fora da América do Sul de sua designação pelo líder brasileiro, Jair Bolsonaro que assumiu a Presidência em 1º de janeiro.   

De acordo com os detalhes do ministério, Air Europa transporta uns 310.000 pessoas anualmente entre a Europa e Brasil e, no caso de duplicar seus atuais 18 voos semanais, é considerado que a economia brasileira recebe uns EUA $400 milhões adicionais.   

O presidente do Grupo Globalia, Javier Hidalgo, realçou "o potencial turístico enorme" de Brasil e é afirmado que a companhia está "muito interessada" nos "movimentos do governo novo” e "as muitas ações ainda fazer" naquele país.   

"Nós temos um mercado altamente atraente e nós precisamos aumentar as conexões aéreas de forma que o turismo pode ser desenvolvido no país", mostrou o Antônio, mencionado na nota.   

Hotéis no Nordeste de Brasil

Além da amplificação no número de voos de Air Europa, o grupo Globalia também busca investir, ao lado do Ministério de Turismo brasileiro, na abertura de hotéis na região Nordeste do país.   

"O mercado europeu tem a necessidade para explorar atratividades turísticas novas", para isso que, de acordo com a carteira, as praias desses estados brasileiros “podem defrontar" esses destinos oferecidos no Caribe.   

Durante sua visita para a capital espanhola, o Antônio igualmente tive uma reunião com o secretário geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashvili na que foi definido que Brasil receberá três eventos mundiais grandes de inovação em gastronomia, jogos esportivos e turismo rural, embora detalhes do mesmo não se descreveram.   

De acordo com a declaração oficial, a OMT, um das agências do sistema das Nações Unidas, é disposta ajudar para o Brasil na "realização de um evento para atrair inversores", que será celebrado em associação com o jornal britânico de negócios Times Financial.    

Fonte: EFE   

Back to top
The website encountered an unexpected error. Please try again later.